31/12/2015

Kimi ga Inakerya Ikimo Dekinai By yuuri eda & yamimaru enjin

yooo visitantes, estou postando minhas ultimas matérias de mangas do ano, fim de ano é correria mas mesmo assim estou tendo tempo de escrever sobre alguns mangas, entre minhas ultimas matérias de mangas este é um dos que gostei, então vamos a essa rapida matéria.

Kimi ga Inakerya Ikimo Dekinai gira em torno de dois personagens, niki ryou um mangaka, e shouji tatsuhiko um negociante de artes [ ou algo assim  ], esses dois são amigos desde seus tempos de escola e essa amizade tornou niku tão dependente do amigo que ele se tornou totalmente inutil pra fazer qualquer coisa bem que não seja desenhar, 
na verdade o unico util que niki sabe fazer é ser um mangaka e muitas vezes até pra isso ele é complicado, shouji pareçe mais uma MÃE do que um amigo, o cara faz tudo pra niki, até passar talco nele ele passa kkkkk me lembrou até do hatori de sekai ichi hatsukoi. pra ser sincera essa relação deles me lembrou muito da de chiaki e hatori, pois todo mundo sabe que o chiaki era um tapadão que só  que fazia de bom era desenhar, todo o resto hatori que fazia, este é o caso de shouji em relação ao amigo niki,  
ele lava, ele passa,ele cozinha,ele coloca colirio nos olhos dele,e até mandar o cara tomar banho manda...conclusão niki é um homem de 27 anos completamente dependente do amigo e simplismente não sabe levar sua vida pra frente sem o apoio da mamãe shouji.
isso NÃO é nada saudavel para um adulto, niki é o mau exemplo de pessoas que colocam nos outros suas cargas e responsabilidades, alegrias e tristezas.

de acordo com o que o manga vai passando vamos entendendo de onde nasceu essa triste dependençia do niki pelos cuidados do amigo, quando estudava niki tinha uma prima chamada hatoko, junto de shouji e niki, eles formavam um trio numa amizade inseparavel,  
até que um dia hatoko faz a burrice de se suicidar e deixa niki desolado e numa depressão sem fim, nessa época shoiji tava de viagem e quando voltou a tragédia já tinha ocorrido e encontrou o amigo como se tivesse morto em vida, assim shouji começou a cuidar de niki que só reagia diante da presença de shouji, o proprio shouji deixou niki dependente dele, ele sabia que isso não era bom para o amigo mas como nutria sentimentos além da amizade foi continuando a ser todo o apoio que niki precisava. 

 quando percebe que niki não podia mais continuar a depender dele pois seus sentimentos tavam num ponto em que ele não iria mais conseguir se controlar perto do amigo, shouji decidi fazer niki não depender mais dele e se afasta do amigo, nem preciso dizer que isso causa um grande problema emocional em niki que não conseguia fazer nada sem o amigo só desenhar mesmo. agora niki teria de tentar viver sem MÃE shouji, ou melhor sem seu amigo shouji. 

  a história desse manga me mostrou que é TRISTE quando alguém depende muito do outro, niki me irritou algumas vezes nessa história, personagens muito crianção me irritam um pouco, mesmo assim eu gostei desse manga, digamos que o niki tentou viver por si mesmo, agora se ele conseguiu isso é outro assunto kkkkk só rindo. 

   Kimi ga Inakerya Ikimo Dekinai tem 12 capitulos , um traço bem leve e uma história que pode agradar ou irritar algumas fujoshis, se você gosta de ukes tipo o chiaki de sekai ichi hatsukoi vai até gostar do niki, e se gosta de seme tipo o hatori, vai gostar do shouji que é bonitão e charmoso, seu unico problema foi o que já mencionei fazer o amigo ficar dependente dele.
 

o romance é meio demorado , primeiro somos apresentados ao dia a dia de niki e shouji, aí vai passando alguns caps e vc se pergunta onde está o YAOI? ...será que terá YAOI mesmo? a coisa fica interressante mesmo nos ultimos caps, digamos que eu gostei BASTANTEEE das cenas.
   até a proxima matéria...FUI...BJS




Kimi Love Story By ikuya fuyuno

ultimamente tenho lido alguns mangas onde os personagens são mangakas, histórias assim me atraem, eu gosto desse tema em mangas e kimi love story nos mostra esse ambiente com duas histórias romanticas, cada uma possui 2 capitulos aos quais considerei bem gostosinhos de ler.

a primeira história é sobre um iniciante a mangaka chamado tsujidou naoshi um jovem mangaka que terá como editor um lindo homem chamado nikaidou. quando naoshi conhece nikaidou ele percebe a presença brilhante do editor e assim começa a trabalhar junto dele para que sua história tenha exito,

 nikaidou é um editor que não dá mole e fica ao todo tempo dando orientação a naoshi que sempre fazia como nikaidou orientava...a relação estava boa e era só algo profissional sendo que naoshi pareçia sentir algo pelo seu editor...quando ganha um beijo de nikaidou as coisas se complicam emocionalmente.
 

o segundo romance foi meu favorito nesse manga, não que o primeiro não tenha me agradado, apenas curti mais esse segundo casal..


hase é o ajudante de um famoso mangaka chamado fujisawa, na época em que estudavam hase tinha o desejo de ser um mangaka, nisso ele nota que fujisawa sabia desenhar muito bem e quem acaba se tornando um famoso mangaka é fujisawa, com a ajuda e assistençia de hase, fujisawa chega ao topo, 

 já hase é o chefe dos ajudantes de fujisawa,ele que manda e desmanda e também cuida de fujisawa que volta e meia gosta de curtir preguiça.  

 durante todos esses anos ele apoiou o amigo e nisso nutria sentimentos por fujisawa, até que hase recebe uma proposta para ilustrar um livro,seria a chance dele pois ele também sabia desenhar muito bem..essa era a chance dele, 

para isso ele teria que deixar um pouco de lado seu trabalho ao lado de fujisawa e contratar novos ajudantes para o amigo, nisso chega uma ajudante e essa mulher com cara de santa fica um pouco pra cima de fujisawa e isso irrita hase que os repreende, assim fujisawa diz que hase teria então de satisfaze-ló no lugar da tal mulher [ safadinhooo kkkkkk] ,

 diante daquela proposta indecente hase se vê nos braços de fujisawa....só que ele não queria misturar seus sentimentos com a vida profissional.

esse manga tem dois otimos romances, uma deliçia mesmo de ler, não chega a ter histórias muito sérias mas chega a agradar....e achei achei os personagens muito bonitos, traço fofo dessa mangaka, lerei outros desta mangaka se eu conseguir encontrar online. gostei bastante mesmo do traço, é um pouco diferente dos mangas que já li, é mais pro lado kawaii do que sexy, mas claro que não deixa de ser sexy também.